Clã do presidencialismo trinitário está magoado com Rodrigo Maia e avisa: “… Ele não perde por esperar”

freiconvento –

Sem Maia apoiando, o trio vai atirar pra todos os lados caso os projetos da Previdência e o do ministro Sérgio Moro não tramitem rapidamente na Câmara Federal. De lá para o Senado seria um meio pulo, não fosse pela retaliação ou troco político que fatalmente recairá sobre o Planalto.

A priori o pacote da Previdência terá primazia sobre o pacote de Sérgio Moro. O governo terá, queira ou não, de negociar com as bancadas oposicionistas, e a contragosto das promessas de campanha.

Bolsonaros precisarão falar menos e trabalhar mais.

FC

Anúncios

Novela Bolsonaro & Bebianno, teria dito um ministro general: “Se o presidente (Bolsonaro) estivesse realmente tranquilo, não teria tentado amarrar Bebianno numa diretoria de Itaipu”…

freiconvento –

É fato. Logo não se discute. Entre Bolsonaro e Bebianno há mistérios sim.

No lado militar que tem interesse no imbróglio, lá também tem das suas. General de três estrelas é menor que um de quatro. O alto escalão estrelado não aceita, portanto, a indicação do general Floriano Peixoto, de três estrelas para o lugar do ministro Bebianno.

A primeira edição do Diário Oficial de Brasília não publicou a exoneração do ministro mentiroso, no dizer de Carlos Bolsonaro em publicação no Twitter, e ratificado nas redes sociais pelo presidente titular Jair Bolsonaro. A fritura do infeliz Pinocchio gerou a criação de um novo prato pra ser deglutido nas rodas de bate papo: BEBIANNO AO MOLHO DE PIMENTA BOLSONARO.

FC

ARCABOUÇO DITATORIAL-MILITAR ESTÁ PRONTO

Valha-nos Deus!

– freiconvento –

Com a nomeação do general Floriano Peixoto para o lugar do ministro Bebianno só restará um ministro civil na hoste de Jair Bolsonaro, o ainda atual Ministro Chefe do Gabinete da Presidência da República, Onix Lorenzoni. Mas terá atuação curta diante dos pares todos militares nos ministérios. Será a nova bola da vez pra cair fora do governo.
Bolsonaro por sua vez terá que prestar obediência a Mourão.
Ninguém se engane pensando o contrário. Dificilmente emplacará o primeiro ano do governo como presidente da república.
Foi numa esparrela e tanto que o capitão da reserva do Exército Brasileiro caiu ao pedir ou aceitar para vice-presidente o general Mourão.
Primeiro por absoluta falta de experiência e competência para o cargo a que foi eleito;
Segundo porque seria de estranhar que militares superiores, competentes e calejados no campo e na caserna, hierarquicamente se obrigariam a calar diante de um subalterno antolhado o qual não diz coisa-com-coisa para a administração de um país problemático como o Brasil.
A decepção pós-PT será tão grande quanto. Praza aos céus estar errado!

FC

Carlos Bolsonaro principal presidente do Brasil ( Pai Jair perdeu a moral) determinou a saída do ministro Gustavo Bebianno; Ponto final!

freiconvento –

Agora virou bagunça. Ministro Bebianno-sai, Ministro Bebianno-fica, Ministro Bebianno-sai…

Segunda feira que vem teremos o resultado desse mal-me-quer, bem-me-quer.

As chances do ministro Bebianno ficar é ínfima, mas existe. O governo perderia o apoio do PSL, e os votos da bancada, somada a hipótese do presidente de faz-de-conta ser expulso do partido.

Bebianno foi um dos pilares mestre para Jair Bolsonaro ser eleito. Sem dúvida o clã familiar bolsonariano cuspiu no prato que comeu.

FC

General Mourão afirma que Bolsonaro vai botar ordem na rapaziada dentro de casa…

freiconvento

Mas diz que não vê crise no governo.

Se não há problema na governabilidade;

Se não tem problema com ministro;

Se tudo corre as mil maravilhas;

Se Carlos Bolsonaro não meteu os pés pelas mãos;

Se Jair Bolsonaro republicou o post do filho e complementou ameaçando o ministro de demissâo;

Então qual a razão para Mourão declarar a imprensa que o presidente vai botar os filhos nos trilhos?

É sabido que panos mornos aliviam dores doídas de fato. Jamais dores não sentidas. Não seria o caso dessas dores ser objeto de uma prensa bem dada pelo general no presidente em nome da governabilidade, gancho que remete a quem mandará realmente daqui pra frente no Brasil?

O tempo dirá!

FC

Brasil: Presidência Familiar Bolsonariana ( General Mourão que se cuide!)

Já era esperado. O clã Bolsonaro está coêso. O núcleo duro da presidência passa pelos filhos de Jair Bolsonaro. É um Conselho não eleito; nada pior numa administração executiva de um país.

General Mourão deve botar as barbas de molho. Carlos Bolsonaro é quem diz o que o pai, presidente Jair Bolsonaro, pode (e deve) ou não, fazer.

Ministros cairão um a um sem chance de defesa. Pela internet serão sentenciados sem julgamento. O jugo familiar bolsonariano levará o arremedo democrático pelo qual passa atualmente o Brasil completamente estonteado, a derrocada democrática total. Pior. Caminhará para sacramentar essa nova ideologia substituta do lulismo: BOLSONARISMO!

FC