“Vexame Sem Fronteiras”

Publicado: 29 de julho de 2015 em Blogroll

Governo desavergonhado do Brasil transformou o programa Ciência Sem Fronteira, convênio do ME com universidades americanas, no novo programa Vexame Sem Fronteiras, saudando o mundo cultural com um calote de mais de 300 milhões de dólares. Dilma pensava que reinaria absoluta quando chegasse aos Estados Unidos, em visita oficial de vários dias. O governo Barack Obama chamou Dilma Rousseff a responsabilidade, cobrando a dívida e endossando os vários constrangimentos sofridos por ela e a troupe da chanchada político-econômico-governamental, que a acompanhava. Bem feito pra ela, mal feito para o Brasil. O povo brasileiro, enquanto nação, foi humilhado mais uma vez por desmandos e descalabros dessa nojenta travestida de gente. Pior. De presidente da república de um povo que paga com o suor e o sangue de seu trabalho duro e honesto, os desvios de dinheiro do erário para distribuir com os corruptos que dão suporte político a impropriedade que é o PT de Lula e conluiados. Para cobrir os gastos reais não há dinheiro suficiente. Para distribuir com ladrões e bandidos da república não falta. Para bancá-los têm o Mensalão, Petrolão, BNDES, Eletrobrás, poços sem fundo para a maracutaia institucional do Brasil petista.

Eliane Catanhede, VEJA

“…Dilma empurrou o conteúdo econômico para Levy e Barbosa e o conteúdo político para o vice Michel Temer, enquanto trata de cuidar da própria forma. Não apenas da forma física, com o regime da moda e as pedaladas, mas também da forma de se comunicar com uma opinião pública que lhe é hostil. Assim, ela foi aos EUA, à Rússia e à Itália, sediou reunião do Mercosul em Brasília, tem ao menos uma viagem por semana aos Estados, concede uma entrevista daqui outra dali. Mas não há marqueteiro que dê jeito em crises, não há propaganda que encha barriga, nem mandioca que gere emprego.”

Homem, quase-homem; Mulher, quase-mulher.

Publicado: 23 de julho de 2015 em Blogroll

Once Upon a Time

Uma Deputada Federal e um também  Deputado Federal pertencentes e eleitos para singrar no antro agremiativo “CurruPTus  du Puder”, facção e sociedade criminosa que abriga puderosos e puderosas sem pudores, ética, ou vergonha na cara, proporão,  embora não tenham chegado ainda a senso comum, mudar a nomenclatura e rubrica médica para adaptar os termos de conduta operatória a sexualidade dos machões que usam o esgoto biológico como processador do entra-e-sai-penianus-sexual.

A dúvida cruel e atroz se prende aos contrapontos do pensar meio-feminino versus o pensar de uma quase-mulher.  Mas enfim: Sociedades Médicas, SUS, correlatos etc., rubricam o ato de recompor o portal ou atriovaginal como cirurgia do perineo; no projeto dos dois membros inominados já citados, partícipes da Casa do Povo (Congresso Nacional em Brasília), na atual legislatura, pretende ele(a), quase-mulher, anexar o termo “CURINEO” para recomposição das pregas anais seja por uso sexual excessivo, mau uso (pênis ou artefato excessivamente grossos diametralmente) ou ato violento não consentido, ainda que desejado.

A colega partidária está reticente quanto ao neologismo em virtude de querer minimizar nos fonemas para ajudar a economizar tempo, papel, tinta, energia elétrica, em conformidade ao novo programa do governo federal.

Ela entao propôs para a quase-mulher, apenas anexar a “perineo”, “cu”. Dessa forma leva a discussão para o outro lado. Literalmente.
Perineo passaria  a ser “pericurineo”, termo comum de dois.

Quase-mulher não gostou. Conflita o desejo de impor  o neologismo como reconhecimento  e oficialização que estende para  quatro os gêneros antes e arcaicamente reconhecidos como macho e femea. A proposta a ser imposta na lei e na marra (tradição familiar e religiões que se fodam) determina: homem, quase-homem; mulher, quase-mulher.

Talvez pudessem discutir “curiperineo”, afinal a iluminada e brilhantissima idéia, partiu dele(a), quase-mulher.

Com a palavra os congressistas sexo-ativos, sexo-passivos, sexo-enrustidos, heterossexuais, bissexuais, sexo-liberais, corruptos, ex-tudo, condenados, indesdecentes;  decentes probos, impolutos…

A desmiolada anta-presidente completa e emocional e descontroladamente, arguia aos berros aos ministros presentes a reunião que fez em Brasília criticando e acusando ao mesmo tempo a todos que julgava culpados pela situação de vexames políticos que vem enfrentando, em especial, o ministro José Cardoso: “… Você não poderia ter pedido ao Teori Zavascki para aguardar quatro ou cinco dias para homologar a delação?”, e completou com o jargão que lhe é peculiar: “…isso é uma agenda nacional Cardozo,  e você FODEU a minha viagem ( aos Estados Unidos).

José Eduardo, dias antes da viagem de Dilma para o encontro com Barack Obama, parece que teve um laivo de decência e não interferiu no andamento da legalidade por parte do STJ, na figura do Teori Zavascki, no caso do petrolão. Pagou caro. A dignidade foi jogada fora. Pior. Cardozo não teve forças para contestar, tampouco defender sua honra.

Qual o tamanho do rabo-preso do ministro? Dá o que pensar!

Emissários do PMDB foram até Fernando Henrique Cardoso e Aécio Neves visando uma possível aliança quando Dilma Rousseff sofrer o impeachment.
O plano para mandar Dilma pros quintos de onde veio, partiu de seu criador político, Lula da Silva. À revelia dela, Lula meteu os pés pelas mãos e foi reunir com os caciques do PMDB em Brasília. Lá teceram a teia visgo e malcheirosa visando botar a presidente para escanteio, para depois expulsá-la do governo.

Na lei ou na marra. O tempo e a história dirão…

PT nas cabeças, coincidências a parte

Publicado: 2 de julho de 2015 em Blogroll

Delubio Soares, Tesoureiro do PT está preso; foi substituído por João Vaccari Neto. Resultado: está preso também e pelo mesmo motivo: Corrupção sistêmica!Nestor Cerveró, diretor da Petrobras, foi preso; Jorge Zelada substituiu-o. Resultado: também foi preso!Não é mera coincidência. Hegemonia de exceção não é causa, é meio e fim. Os resultados dos saques, a sua soma será sempre infinitamente superior ao que será apurado. As devoluções, se houver, idem. Para quem não teme a lei e a justiça, tampouco se importa com nome sujo na mídia e nos cadastros, o criminal incluso, vale o risco. 

É o caso da organização criminosa cujo seguidores estão sempre no topo da pirâmide da corrupção. Organização que tem nome e CNPJ, e não vive escondida nas matas e montanhas. Pelo contrário. É vitrine para o Brasil, América Latina, onde alcança maior brilho, América do Norte, Europa e o resto do mundo. 

O nome: Partido dos Trabalhadores.

Vulgo: PT…

Lula da Silva descaradamente pretende eliminar a cria “cumpanheira” e tomar-lhe o poder, locupletando-se no PMDB, na figura de Michel Temer, que assumiria em caso de renuncia ou coisa que o valha. Assim, como na Conjuração de Minas Gerais, o mote é desestabilizar o governo vigente, para hegemonizar sua ideologia com aplicabilidade total de fato.
Inconfidência a parte? Não. Já começou com os caciques reunidos no galinheiro de Renan Calheiros com a raposa viajando.
Lula tem muito campo pra explorar por deter o conhecimento do tamanho do rabo de cada componente reunido com ele. Caindo por ação da Lava Jato, cairão todos. Eis aí um bom argumento para trair a presidente em viagem oficial nos Estados Unidos, ao mesmo tempo em que tira o cu sujo da reta… Se ainda der tempo.

FC