A INTERPOL não pode pisar no Brasil. Não teria espaço suficiente em suas cadeias para por os brasileiros procurados por ela a ferros.

Paulo Salim Maluff, expoente máximo da política e corrupção brasileiras, deve estar fulo da vida com a Polícia Internacional (INTERPOL), ela dividiu  a página de procurados pela polícia, dele Paulo Maluff, com Muamar Al-Kadafi, ditador da Líbia. A próxima divisão, preocupa-o desde já, pois agora divide a liderança, menos mal pra ele – ainda, mas poderá ficar com apenas um reles terceiro lugar num futuro mais próximo que se imagina. Assim, a carreira maluffiana de gatuno do erário e da confiança do povo ficará comprometida. Te cuida Maluff.

FC.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s