Feira de Santana tem falta de funcionários em cartórios

JC Online – Os nove cartórios extrajudiciais de Feira de Santana, a 108 km de Salvador, estão com problemas no atendimento aos cidadãos por falta de funcionários e computadores. Filas causam muitas reclamações dos usuários. Localizados no Fórum Desembargador Filinto Bastos, três são cartórios de notas, dois de registro civil, dois de registro de imóveis e dois de protestos e documentos públicos. A espera do atendimento chega a 12 horas.

“Além de nos deixar horas aqui na fila, os servidores nos tratam como se tivéssemos pedindo um favor. Sou idosa e tenho atendimento preferencial, mas aqui não tem isto”, contou a aposentada Maria Stela Cerqueira, que tentava retirar a 2ª via do registro de um sobrinho que mora em Salvador.

Valdelice dos Santos Reis, que há quatro dias tentava reconhecer firma, também reclama da demora. “É sempre assim demorado e eles ainda ficam chateados quando reclamamos”, contou. A falta de equipamentos também piora a demora, de acordo com um funcionário que preferiu não ser identificado.

Ele disse que, embora os cartórios distribuem 40 senhas por dia, a demanda é tão grande que muitas vezes o horário de expediente é ultrapassado. “O correto era haver em cada cartório no mínimo 10 funcionários, mas o número não ultrapassa cinco. Ainda utilizamos a máquina de escrever em muitos serviços”, revelou. No cartório do 2º Ofício de Registro Civil, há apenas um funcionário e 40 senhas por dia. O espaço físico de atendimento ao público também é mínimo, causando transtornos e desconforto.

 

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s