Sempre foi assim! No entanto continuará assim? As administrações da Prefeitura da Cidade do Recife, independente da ideologia de seus executivos  se sucedem, contudo não se programam para a chegada do outono/inverno: a “surpresa” é geral…

Nenhuma ação preventiva se faz presente na cidade. Crateras por toda parte, galerias pluviais, linhas dágua assim como asfaltos e calçamentos sem manutenção; canais obstruídos por entulhos e assoreamento, montanhas de lixo nas vias públicas, matagal daninho nas ruas não asfaltadas; árvores, muros e marquises em situação de risco,  etc. Nada é percebido pelas gerencias municipais até o momento de fato.

Outono de 2011. Recife amanheceu nesta segunda-feira 11 de abril completamente assoberbada de problemas ligados a omissão administrativa em relação as intempéries. Trânsito urbano completamente paralisado por causa das águas das chuvas que castigam a cidade desde a madrugada da sexta-feira passada. Canais transbordando e causando mais transtornos aos cidadãos, trazendo com os alagamentos o risco de doenças perigosas como a lepstopirose além de outras.  Riscos de deslizamentos de barreiras, casas invadidas e algumas destruídas pelas enxurradas previsíveis e minimizáveis dos canais e córregos e rios que aqui são abundantes.

Nada disso serve de referência para o ano seguinte. As verbas se acabam no preparo cruel das campanhas eleitorais. O povo fica literalmente a ver navios, na cidade conhecida impropriamente como a Veneza brasileira. Na original, há serviços assistenciais e urbanos. Recife não tem nada disso.

FC.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s