CORRUPÇÃO – Glorificação da mentira

(Estadão.com.br)

<Cartas>

– O que o Brasil pode esperar, se desembargadores – Hélcio Valentim de Andrade Filho, Paulo Medina e tantos outros – vendem sentenças e habeas corpus a traficantes; o prefeito de Campinas, Dr. Hélio, diz não saber que sua mulher era a chefe de uma quadrilha que desviava recursos públicos; um ministro, Aloizio Mercadante, diz não saber da compra de um dossiê; e Lula disse que não sabia do mensalão? Resposta: a glorificação da mentira!

EUGÊNIO JOSÉ ALATI

(eugeniojosealati@yahoo.com.br)

Campinas/SP

Um comentário em “CORRUPÇÃO – Glorificação da mentira

  1. O Brasil agora tem a frente da Corregedoria Nacional de Justiça – CNJ a Ministra Eliana Calmon Alves. Tenho acompanhado entrevistas com ela pela TV, como também textos e vídeos que estão disponíveis no Orkut, onde ela trata de vários temas como este da matéria. Promete, e torço para que não fique só nisto, que promoverá uma série de mudanças no sentido de eliminar o corporativismo existente entre os representantes da justiça nos fóruns e Tribunais Superiores. Sobre isto e também da permanência de cartórios de particulares nos fóruns, diz ela que são os grandes responsáveis pelas vendas de sentença, e me parece bastante lógico do porque isto ocorrer, afinal os poderosos mantém contatos com os donos destes cartórios uma vez que registram suas propriedades, e isto e aquilo, então os cartórios fazem a festa, uma simples Carta Precatória, por exemplo, um pedaço de papel impresso, carimbado e assinado, custa em torno de R$ 500,00 e para se dar entrada com processos não sai por menos. Então fica clara a dependência de uns para com os outros. As pessoas com maior influência nas regiões e localidades pintam e bordam e chego a ter dó quase todos os dias quando lembro que está ocorrendo algum julgamento, penso que é todo um circo armado para formalizar e concretizar o que já está decidido antes mesmo deste ocorrer. Infelizmente, neste país de tanta corrupção, não podemos confiar nem mesmo na justiça, e já sabemos disto não é de hoje, uma história antiga, o cidadão comum, mais humilde, é um joguete nas garras destas pessoas que entendem que podem tudo, conhecem muito bem a lei que eles mesmo elaboram, promotem e fazem cumprir para benefício próprio, sem que o cidadão tenha direito a qualquer contestação, pelo menos até agora, estou com esperança que a nova Ministra mude esta situação e que tudo deixe de ser só conversa fiada, como sempre.

    Curtir

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s