Os Tratamentos de Câncer de Chávez e de Lulla

 (Por Raymundo Araujo Filho no CMI) 

-Reitero que não desejei que Lulla adoecesse e nem desejo a sua morte, a não ser por causas naturais, ou quem sabe, “atropelado” por algum processo revolucionário.
 
A nosologia dos cânceres nos reportam a três causas principais. A primeira nos é dada pela contínua contaminação dos organismos por agentes externos, tipo venenos e substâncias tóxicas de várias origens, causando uma deformação de células, as hipertrofiando e degenerando os tecidos corpóreos. 

A outra (e esta os homeopatas e outras medicinas que não a mecanicista alopática) diz respeito a estados mentais que variam da depressão crônica, a estados de hipertrofia do ego, dando a sensação de intocabilidade do corpo, própria daqueles que se acham acima dos demais seres humanos. Nestes casos, após alguma débâcle, perda de poder ou posição social ou financeira, ou mesmo de um resultado advindo de estados mentais muito hipertrofiados, de forma obssessiva para algum comportamento (rigor moral exagerado e distorcido, cuidados e fobias variadas, execessivas, etc…) 

A terceira, diz respeito a carga genética que trazemos, sendo que estas variam em grau e são acionadas quanto mais os outros itens se manifestem. Isso tudo, a grosso modo. 

Assim, Lulla que nunca demonstrou o menor cuidado com a sua saúde (a não ser os convencionais, muito mais “curativos” do quer preventivos, acaba de ser “premiado” com um câncer na Laringe. Fumante de charutos e cigarros. Bebedor de álcool em boa escala (para ser generoso com ele), alimentando-se de alimentos repletos de gorduras, associado ao seu visível sedentarismo, certamente são as causas mais prováveis neste ex presidente que, ao contrário da maioria do Povo que (des)governou, tem todos os meios para ser mais saudável. 

Já o câncer de Chávez, se não foi obra da CIA, (afinal, ao contrário de Lulla é considerado inimigo dos EUA), tem também algumas das causas acima relacionadas. 

Mas, Chávez foi se tratar em Cuba, país pobre, mas com excelente medicina, como todos sabem (mas alguns direitistas relutam em aceitar), desfrutando de um benefício, mas que, antes dele, cerca de 40 mil venezuelanos desfrutaram e desfrutam anualmente, através de conhecido convênio entre os dois países, e pela primeira vez na história, trocando serviços (saúde) por petróleo, em vez de dinheiro vivo e pago à vista, como é norma internacional, do mundo capitalista. 

Ao que parece, para a tristeza de muitos, o tratamento de Chávez está sendo de pleno êxito, motivo pelo qual ele nem respondeu ao oferecimento arrogante e anti ético que DILLma lhe fez para se tratar no Brasil, não pelo SUS, mas no Hospital Sírio Libanês, da elite brasileira, e onde pobre só entra para ser cobaia, ou servir de troféu, para dizerem que o Hospital que recebeu a maior grana do governo atende pobres. 

Chávez foi digno com seu povo e foi se tratar no mesmo lugar que o povo venezuelano pode usufruir, em várias especialidades (oftalmologia, ortopedia, vitiligo, entre outras), e antes dele. 

Já Lulla, acaba de ser diagnosticado agora com câncer, o foi no hospital Sírio Llibanês (aquele que Chávez cagou um monte), em vez de recorrer ao SUS para onde mandou o povo brasileiro durante anos, cada vez cortando mais verbas da saúde, cujo resultado vemos nos últimos números, que revelam a porcaria e iniqüidade que se encontra este setor no Brasil, malgrado o voluntarismo e dedicação de muitos profissionais da saúde, apesar de não receberem um só aumento na última década, praticamente. Além de verem os seus institutos, literalmente irem para o saco, na sanha privatizante também de Lulla, seguindo as regras do capitalismo internacional, exatamente como seus antecessores e como DiLLma se posiciona (de quatro). 

Espero que Lulla não morra desta terrível doença. Sempre temos a esperança que seres como ele, acostumados a dizerem uma coisa e fazerem outra, insiram neste seu processo em busca da cura de uma doença grave e mortal, uma baita reflexão sobre seus atos políticos, de governo, de suas traições, de roubos pura e simplesmente, do dizer uma coisa e fazer outra, enfim, que reflita em seu processo de cura, no câncer que este cabo Anselmo representa para o Brasil. 

Caso contrário, que vá se tratar no SUS, prá ver o que é bom prá tosse, digo, pro seu Câncer. Leiam as estatísticas do SUS-Câncer no próprio portal do governo federal –  http://clippingmp.planejamento.gov.br/cadastros/noticias/2011/10/26/tcu-mostra-fracasso-do-sus-no-tratamento-contra-cancer 

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s