Zé Dirceu começa a sair das sombras para o banditismo às claras – na luz do sol de Brasília

O convite, imediatamente aceito, foi do governador Agnelo Queiroz, o qual nos estertores da sobrevivência política, e ainda vislumbrando um rico filão para ser explorado por ele, seu partido, e os “cumpanheiros”, abriu a guarda para o PT no pensamento de dispor uma raposa petista para ser guardiã das chaves na presidência do Banco de Brasília. Jacques Pena (ex-Banco do Brasil) é o grande agraciado de Dirceu. Com a nomeação, comandará um orçamento de 25 bilhões de Reais por ano. A fartura será o bálsamo para reabrir as feridas “sanadas” no Ministério dos Esportes. Novo viés para novos rombos, desvios de toda ordem, corrupção desmedida, desfaçatez etc. É só aguardar!

FC.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s