Piada político-corrupta-ilegal-imoral brasileira

Suplente de senador e o arremedo do Barão de Drumond são mais que amigos. São sócios!

Hehehehe…. Quem diria… Numa sociedade matrimonial de três titulares, um entra com o dinheiro, já o outro… bem, digamos que, uma sociedade conjugal pode ter várias formas: casamento tradicional monogâmico, casamento aberto onde ninguém é de ninguém,  e casamento semi-aberto, no qual admite-se um terceiro conjuge… E assim alguém dividiu a mulher com o dono da grana. Afinal, negócio é negócio. A indústria do amor também não funciona sem capital. Faz sentido. Mas a história não termina aí. Há um quarto elemento urubú do estranho casório, que parece, perdeu a chance de comer a dividida. Tadinho dele. Vai perder muito mais. Pode ser cassado.

Como falou mal por muito tempo dos pares no Congresso, pode ter a cassação transformada em caçação!

Qualquer semelhança com fatos e pessoas terá sido mera coincidência 

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s