Mandonista diplomada extrapola a liturgia do cargo presidencial brasileiro mentindo descaradamente em rede aberta de televisão no país do faz-de-conta que eu faço e você acredita

Era o esperado. Dilma Rousseff pressionada por Lula e o resto da corja petista, houve por bem jogar duro com o arremedo de oposição que ainda existe no Brasil e ao fogo amigo detonado por correligionários insatisfeitos com o modo dilmista de governar, desde que a presidente desobedecendo ao ex-chefe, demonstrou que aprendeu a gostar da função que lhe foi “imposta, goela adentro” por ele mesmo.

Aproveitando o mote do anúncio da redução do preço da energia elétrica, ação que absolutamente não foi decidida por ela, seus ministros ou o apedeuta de Garanhuns, e sim por determinação da justiça, pois continuavam a roubar dos incautos usuários das fornecedoras de energia, alíquotas indevidas e já pagas as quais complementavam o rol da cobrança final.

No ensejo, a presidanta pegou carona e pespegou um tremendo 171 na consciência do povo, cujo favor, ao que parece, será bem recebido. Sempre.

Mentiu desarvoradamente na questão da matriz energética nacional. Esqueceu que a o pessimismo quanto aos possíveis apagões e racionamento geral, se deve ao anúncio das agencias governamentais. Ou seja, informações partidas de seu staff governamental: ANEEL e outras; ministro incapaz etc.

Mentiu quando falou da excelência do nosso sistema elétrico comparando-o ao de outros países;

Omitiu que temos parques de energia renováveis prontos e pagando aos concessionários milhões de reais por geração de energia zero.

São os parques eólicos espalhados pelo país. Prontinhos, prontinhos, mas não têm linhas de transmissões para levar a eletricidade gerada para as concessionárias repassar para o consumidor final.

Que as contas do governo vão bem, obrigado.

Não bastando, abusou das palavras fartas e bem escritas e expressões lidas no prompt, as quais não fazem parte de seu vocabulário.

Uma mostra cabal de que a realidade vernácula é pura imitação do provedor político…

FC.  

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s