Brasil decente e honrado de luto: Renan Calheiros reelegeu-se presidente do Senado brasileiro

Manifestantes foram impedidos por Sarney de lavar a rampa do Congresso Nacional como ato simbólico de exigir honradez, ética e ficha limpa dos candidatos.
O senhor feudal prefere o odor pútrido do chorume ao cheirinho gostoso de limpeza. A voz do povo mais uma vez é calada por canetada direta do senador do Amapá (seu novo feudo), líder político corrupto da facção bandida que empesta a casa do povo.
O Congresso sujo e desavergonhado, historicamente brinda detratando a imagem política com atos indecentes e acobertando atitudes criminosas praticadas por senadores e deputados federais manipuladores dos resultados nas CPIs e julgamentos “simbólicos” da súcia que o compõe.

Dilma Rousseff, presidanta da república tupiniquim, aguardou ansiosa a notícia da descalabrosa reeleição. Calheiros, por sua recondução graciosa, dará apoio incondicional ao governo petisto-federal.

Dias mais sombrios virão. É o que a sociedade civil brasileira, cidadãos probos, virtuosos, professantes democráticos esperam do trampolineiro da alagoas. Renan, nesse caso, é sinônimo de contravir.

Vale lembrar que o presidente da câmara é o terceiro cargo mais importante da república, e que na falta da presidanta Dilma e seu vice, Michel Temer, assumirá temporariamente a presidência da república federativa do Brasil.

Bela demonstração para a imagem do Brasil no exterior, mostrar descaradamente que um malfeitor de qualquer laia pode ser líder da nação brasileira.

FC

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s