Delação premiada corre risco de acabar no Brasil

Enquanto serviu para o PT combater os inimigos, foi de excelente serventia. Contudo, depois do partido se converter ao criminoso submundo da corrupção oficial sob o manto todo sagrado e protetor, da presidência da república, primeiro com Lula e na sequencia, com Dilma Rousseff, a prática delatora passou a ser um perigo para as instituições comandadas pelo governo federal, inclusos os políticos antes considerados pela corja aliada, de inimputáveis.

Marcos Valério foi o “grande culpado” dessa virada de opinião pelo governo na figura de seus ventrílocos. Denunciou Lula e o PT pela traição sofrida quando o apedeuta e o partido se furtaram a dar as garantias prometidas, caso a mão da justiça caísse sobre ele, o operador geral do mensalão.

Ninguém duvide que a delação premiada possa acabar. Muita gente “boa” está na corda bamba.

FC.

Um comentário em “Delação premiada corre risco de acabar no Brasil

  1. A delação premiada foi instituída pela Lei nº 9.807/99, e só através de outra lei poderá ser extinta, o que não será difícil para o governo federal, que mantém o controle do Parlamento com sua política do toma-lá-dá-cá.

    Como você diz, é bem possível que o PT, com tanta “gente ‘boa'” na “corda bamba”, inclusive Lula, sua estrela maior, tente acabar com o instituto da delação premiada, que tem por objetivo principal a desarticulação de quadrilhas, bandos e organizações criminosas, facilitando a investigação criminal e evitando a prática de novos crimes por tais grupos.

    Resta saber se a sociedade e o que ainda resta de parlamentares decentes vão permitir que isso aconteça. É esperar pra ver!

    Curtir

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s