Inimigo ameaça divulgar provas da ligação de Lula com esquemas de Rosemary – cada vez mais blindada

Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Leia também o site Fique Alerta – www.fiquealerta.net
Por Jorge Serrão – serrao@alertatotal.net
Exclusivo – Um grande empresário-investidor, que se diz inimigo figadal de Luiz Inácio Lula da Silva, ameaça divulgar documentos comprometedores da relação íntima e de negócios entre o ex-Presidente e a amiga Rosemary Nóvoa Noronha. Enquanto ocorre tal jogo de blefe-chantagem, Lula e seus principais colaboradores tentam articular, nos bastidores do Judiciário e da mídia amestrada, todo um esquema para abafar o Rosegate. O objetivo é conseguir o milagre de livrar Rose do indiciamento no inquérito da Operação Porto Seguro, para que nada respingue em Lula.
O Rosegate corre em quase segredo judicial. Nos principais jornais  e televisões, a recomendação interna é “esperar para ver o que acontece, sem nada divulgar por enquanto”. Os abafadores até usam o cínico e inconsistente argumento de que revelações bombásticas do caso, prejudicando Lula, “podem atingir também a Presidenta Dilma Rousseff e atrapalhar a governabilidade, neste momento delicado de combate à inflação”. Embora tenha sido apenas uma funcionária de terceiro escalão (chefe de gabinete do escritório da Presidência em São Paulo), na prática, Rose ganha o status de alguém com “foro privilegiado”, cuja blindagem é a prioridade máxima da petralhada.
O esquema de abafamento só pode esbarrar em um personagem: Roberto Gurgel. Nos bastidores do Judiciário e do Congresso, circula a informação de que o Procurador-Geral da República sabe absolutamente de tudo sobre o caso. O problema real é que Gurgel não se sente em condições plenas de enfrentar Lula. Gurgel é até alvo de uma campanha difamatória promovida por governistas. Os aliados de Lula jogam com a ameaça de que a Presidenta Dilma pode até pedir a renúncia dele – o que seria aceito pela maioria amestrada do Senado.
Protegendo Gurgel
O senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) denunciou ontem, na tribuna do plenário, o esquema para derrubar Gurgel:
Na minha opinião e na opinião do PSDB, não há nada na atuação dele que mereça qualquer tipo de censura política por parte do Senado. Duvido que a presidente Dilma tome a iniciativa de propor a destituição de Gurgel. Ela é uma mulher de bom senso e não seria capaz de tamanho desatino, de tamanha loucura”.
Aloysio Nunes lembrou que, se existir algum fato que desabone a conduta de Gurgel, este deve ser submetido às leis e às instâncias competentes.
 
Petição virtual tem de valer
Internautas lançam um movimento nacional para que a Assinatura Virtual em Petições Públicas e Abaixo Assinados tenha força legal.
Por isso pedem o máximo apoio ao Projeto de Lei do Senado PLS 129/2010 – já aprovado na Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Congresso.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s