Não somos desonestos como vocês, Lula e asseclas

Vejo com muita preocupação a fala do ex-presidente Lula, quando das comemorações do 10º ano do PT no governo do Brasil:

O político ideal que vocês desejam, aquele cara sabido, aquele cara probo, irretocável do ponto de vista do comportamento ético e moral, aquele político que a imprensa vende que existe, mas que não existe, quem sabe esteja dentro de vocês”.

 Lula mais que sugere que somos todos, enquanto brasileiros,  imorais, política, desonesta e desonradamente. Não somos. Não sou.

 Crápulas, cretinos, falastrões dessa natureza são, em primeiro lugar, ele, o Lula, e seus “cumpanheiros” diretos, mentores competentes artífices de artimanhas, que juntos ou separados, lesam  corruptamente, o erário. Sempre.

 Nessa esteira se enquadram os “cumpanheiros” indiretos. A legião do eleitorado que sufraga o PT nas urnas em troca de benesses, bolsas de qualquer natureza, escambo e venda de votos. Entre esses, há uma parte iludida na boa fé. O conjunto dos eleitores alienados de menor cultura; escolaridade próxima do zero; analfabetos etc.

 As falas da gralha rouca garanhunsense são muitas. Não poupa nem a criatura de sua lavra, a presidente eleita que não preside, senão vejamos:

 “Eles (a mídia e a oposição) vivem exilados dentro do Brasil. Não estão compreendendo o que está acontecendo no Brasil. Por isso estamos caminhando fortemente para que Vossa Excelência seja presidente por mais quatro anos”.

 Em termos, o apedeutismo lulista se manifesta claramente nessa conclusão, confessando a causa dela estar no alto do patamar da popularidade e das intenções de votos. Ela não presta como presidente!

O arremedo oposicionista com seus desfoques  consente nesta afirmação: Ruim com ela, pior sem ela. 

 O ex-presidente é na verdade, o ventríloquo e governante de fato que transformou a presidente Dilma em mero boneco de fantoche, à serventia debochada da oposição, e do cidadão de bem.

 Lula, brasileiros dignos, trabalhadores, aposentados, pensionistas, desempregados, decentes, honrados e honestos, não pactuam com a verborréia exalada do seu pensamento pernicioso e chocante. Tampouco são bandidos como sua corja e laia.

 

FC.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s