José Eduardo Cardoso ministro da justiça de Dilma Rousseff, mas não do Brasil, perdeu de vez o que lhe restava de honra e vergonha na cara ao ouvir calado e cabisbaixo, a esculhambação proferida em baixo calão pela morfética sem compostura investida no mais alto posto da nação brasileira.

A desmiolada anta-presidente completa e emocional e descontroladamente, arguia aos berros aos ministros presentes a reunião que fez em Brasília criticando e acusando ao mesmo tempo a todos que julgava culpados pela situação de vexames políticos que vem enfrentando, em especial, o ministro José Cardoso: “… Você não poderia ter pedido ao Teori Zavascki para aguardar quatro ou cinco dias para homologar a delação?”, e completou com o jargão que lhe é peculiar: “…isso é uma agenda nacional Cardozo,  e você FODEU a minha viagem ( aos Estados Unidos).

José Eduardo, dias antes da viagem de Dilma para o encontro com Barack Obama, parece que teve um laivo de decência e não interferiu no andamento da legalidade por parte do STJ, na figura do Teori Zavascki, no caso do petrolão. Pagou caro. A dignidade foi jogada fora. Pior. Cardozo não teve forças para contestar, tampouco defender sua honra.

Qual o tamanho do rabo-preso do ministro? Dá o que pensar!

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s