Os estertores da presidente Dilma Rousseff não emocionam tampouco causam dó em mais ninguém

Dilma insiste em querer fazer crer que os problemas que ela enfrenta na presidência são frutos de uma oposição furibunda por ter perdido a eleição presidencial. Sempre busca causar a impressão de que ela é a vítima, e não a nação, por causa de seus desmandos e crimes eleitorais. Faz de conta que o que se quer, é apenas afastá-la do poder gratuitamente. Mas sabe que está perdida. Não só ela, mas a corja completa. Questão de tempo. Não importa o quanto esteja blindada. A bandidagem institucional inteira está de passaporte ativado para  Curitiba e STF. De lá, para presídios.

Hoje não há mais clima para Dilma (seu desgoverno e logística de apoio) tentarem insurgir contra a democracia ou a ordem vigente com máscaras vermelhas. O povo quer resposta pelos malfeitos. O estômago, o ócio obrigatório por falta do que fazer, relento por falta de abrigo digno, desesperança e decepção pelo que foi vendido e não entregue, falam mais alto. Clamam por justiça.

Hoje, Hélio Bicudo, ex-petista e fundador arrependido do PT, contou com o apoio de outro grande jurista, Miguel Reale Jr, que engrossou o caldo do pedido de impeachment que foi apresentado ao presidente da câmara Eduardo Cunha, do PMDB.

O destino político age lenta e inexoravelmente. Não cede a rogos. Tampouco é regido ideologicamente. Aguardemos. Logo chegará!

FC

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s